LTornando-se um Maçom do GOIF MP

(Representação permanente em Portugal)

 

A associação está aberta a homens e mulheres de todas as crenças, que não tenham condenações criminais ou acusações pendentes, de bom caráter e que acreditem em um Ser Supremo. A Maçonaria é uma organização multirracial e multicultural. Na Loja sentam-se, iguais entre iguais, sem distinção de censo. Tornar-se maçom significa apreciar o desafio de melhorar-se moralmente e viver a experiência da Fraternidade. Oferece a cada membro a oportunidade única de conhecer a si mesmo, e ser um membro exemplar da sociedade civil.

Com a Iniciação, ele aprenderá a conhecer a Humildade internalizando, ao longo do tempo, toda uma série de valores e conceitos, tanto morais quanto filosóficos; ele enfrentará uma série de desafios e responsabilidades, que serão um estímulo e uma recompensa honesta.

A Obra da Loja oferece aos membros uma oportunidade de fraternidade, trabalho em grupo, desenvolvimento de seu caráter e partilha de experiências comuns. Os novos membros fazem um juramento solene, prometendo por sua honra, lealdade à Ordem, aos seus Representantes e aos membros da Oficina.  Compromete-se também a não utilizar a adesão para obter benefícios pessoais ou progressão na carreira. A não observância desse compromisso pode levar à expulsão.

A Maçonaria é uma sociedade de homens e mulheres, que se preocupa com a elevação dos valores morais e espirituais. Fundada em três grandes princípios, como Amor Fraterno, Caridade e Verdade, visa aproximar pessoas de boa vontade, independentemente de sua origem, diferença social e religiosa.

Tornar-se um Maçon não é difícil, se aceitar e respeitar os requisitos acima mencionados.  

Algumas sugestões: Se quiser tornar-se um Maçon, tem de perguntar, porque o GOIF MP não faz proselitismo.

Uma coisa importante: infelizmente existem organizações autodenominadas que afirmam ser “a verdadeira e original Maçonaria”. Não é assim. O termo “Maçonaria” não é uma marca registrada protegida por direitos autorais (copyrights). Qualquer um pode fundar uma associação sem fins lucrativos e se autonomear Grão-Mestre. Em Portugal, em Lisboa em particular, temos vários.

O GOIF MP convida diretamente o futuro neófito à sua sede, prestando todas as informações necessárias.   

O GOIF MP, além de Lisboa, está presente em vários países do mundo, veja:  https://www.goifinternational.it/  

O pedido de adesão deve ser dirigido ao Grande Secretariado – secrgoifinternacional@gmail.com – e depois, em caso de aceitação, marcar uma reunião para conhecimento mútuo.  Obrigado pela atenção.  

 

 SER LIVRE E DE BONS COSTUMES

 

é possível, apenas se ele possuir de alguma forma certes virtudes: em particular as intelectuais e morais, como se costuma dizer: “ser livre e de bons costumes” . É necessario dirigere correttamente come paixões. Pode-se começar a adquirir o conhecimento de como aprender a agir, e como agir, a fim de adquirir essas virtudes, de uma forma adequada.

Attraverso questa pratica, chega-se àquela forma de conhecimento in cui un’indagine morale può ottenere risposte, che non sono meravigliosamente teoriche.

“Este é o modelo de toda a profissão que tem uma tradição, com o objectivo de melhorar progressivamente a qualidade do seu trabalho” .

Un’indagine morale è, portanto, un lavoro, un ufficio, un’arte, e così se pode ter esperança de sucesso se trabalhar ao lado daqueles que já fazem o mesmo ofício ha tanto tempo, com tanta dedicação que se tornaram Mestres do mesmo . Esta obra, é o ofício simbólico da Maçonaria Livre, praticado segundo uma Tradição muito antiga, a Tradição da Arte Real .

O primeiro ensinamento diz: “A palavra virtude, que segundo a sua etimologia significa força, é a força para fazer o bem, o cumprimento absoluto do próprio dever” .

È virtù pubblica quando è dedicata alla Patria, allo Stato, alla Società; è virtù privada quando si esercita, con disinteresse, a favore degli individui. Una virtude non si ritira nem diante do sacrifício nem diante da morte, quando se trata do cumprimento de um dever.

Na conclusão da Iniciação, a Virtude terá se tornado “autorrespeito” , e Caridade como “Amor ao próximo” ; terá adquirido outras qualidades como: Sinceridade, Paciência, Coragem, Prudência, Justiça, Tolerância, Devoção.

Um passo atrás : … não ter havido condenações, que não fôssemos delinquentes.

Temos certoza de que interpretamos tudo isso correttamente? Sarai davvero accreditato che basta un’apparente identificazione di onestà per sermos dignos de fazer parte della più antica organizzazione iniziale e tradizionale? Hai fatto un lavoro analítico criterio, cavando fondi per scoprire le reali intenzioni del candidato?

Se no século XVIII as pessoas que podiam aceder às Lojas eram limitatidas, sendo poucas as que possuíam um nível cultural suficiente, hoje, que a despersonalização do indivíduo atinggiu níveis preocupantes, mergulhado no modernismo, no consumismo, esquecido da Tradição e obscurecido de false mitos e falsa necessità, è preciso, più, seleziona e non essere cancellato dalla stampa , o dalla necessità di aumentare i numeri . A História, mas sobretudo a Tradição, ensinou-nos que os grupos iniciáticos baseiam a sua força mais na qualidade dos seguidores, do que no seu número.

A Maçonaria, lembremo-nos, além de instrumento de pensamento e de vida para ogni filiado, è anche un mezzo di contributo per o bem e progresso da Humanidade .

Sair da escravidão das paixões, resistir às tentações do “metal” e encerrar o vício in uma prisão escura e profunda, rappresenta para nós um desafio diário; significa enfrentar nossos próprios demônios in ogni momento de nostra existência ed exorcizá-los.

Supponendo che l’ingresso nella Maçonaria sia una casalinga livre e de bons costumes , abbiamo la certezza che anche loro sono moralmente livre e che la sua liberdade, e la sua moral, são verdadeiramente puras? Somos homens, e como tal, tentados pelas inúmeras oportunidades que a vida nos apresenta, todos os dias. Non possiamo vivere solo di squadra e compasso.

Se formos dilacerados por estes conflitos, como nos posicionamos no espaço esotérico maçónico? Qual è la nostra dimensione? E qual è l’orizzonte?

Se nos deparamos com algum evento adverso… o que fazer? O Venerável Mestre, expressão máxima da autoridade iniciática, deve informar-se, e guiar-se pela sua indiscutivel sabedoria: ajudemos o Irmão a superar a crise, sejamos o seu apoio, mas também inflexíveis quando o limite for ultrapassado.

Quando fomos acolhidos e destinados para toda a vida, juramos ajudar o Irmão, manter sempre as nossas luvas brancas e seguir o método maçônico para o nosso aperfeiçoamento eo de todos os outros Irmãos, mas, quantas vezes já nos dividimos entre nós? Quantas vezes enfiamos a faca nas costas do Irmão? Quantas vezes nos ofendemos e criamos facões, poquenos grupos e tramamos entre e contra nos? Quantas vezes mentimos, primeiro para nós mesmos e depois para o Irmão? E para quê… para um avental? Un carico? Per cinque secondi di gloria?

Non dobbiamo quindi essere quelli che sanno come uscire, comprendere i diversi punti di vista e discutere con la serenità, facendo della critica uno strumento di crescita e non distruggendo. Somos o farol da humanidade, a Luz que, nascendo no Leste, irradia o mundo com Sabedoria, Amor e Paz, trazendo “ordem ao caos” .

Portanto, se somos homens livres e de bons costumes devemos ser livres por fora, e por dentro, aliás, talvez seja precisamente entre nós que devamos aprender ainda mais a lapidar a nossa pedra fazendo das diferenças uma fonte inesgotável de riqueza; esse ouro alquímico que tanto muito nos eforçamos para buscar e criar verdadeiramente a Grande Obra.

Se é verdade que somos Irmãos, voltemos a viver como tal. Esqueçamos os rancores, come ipocrisie; voltemos sempre a ser homens livres e de bons costumi. Così assim potrà dar un significato ainda mais dourado e sagrado al nostro pertencimento.

Não tenho verdade, nem respostas, tenho ainda mais dúvidas, mas de uma coisa tenho certeza: nossa força vem dessa corrente centenária de união que criamos quando trilhamos juntos o caminho iniciático e da Tradição, unidos por aquele vínculo único e belo que é a Maçonaria , longe de qualquer retórica, negando a ipocrisia, mas sempre coltivando o sonho de ser único e de estar aqui, nesta vida, para um propósito ugual único .

 

 

 

 

aperto de mão

Para a maioria é apenas um sinal mas, se apenas se refletisse sobre o significado do que se quer transmitir, talvez houvesse mais humildade e responsabilidade. Mais conscientização.

Um aperto de mão pode dizer muito mais do que palavras. Observa-se os olhos, a postura, o sorriso, a maneira como se fala. É uma forma de comunicação não-verbal. O significado é: dar confiança.

O termo grego “dexiosis” significava “dar a mão direita”: aquela com que se empunhava a arma na batalha e, oferecendo-a, servia para demonstrar que se estava desarmado, ou que não se tinha más intenções.

É válido como forma de saudação, mas também como sinal de confiança, proximidade e lealdade.

Se isso é um sinal, os Maçons estão empenhados em ser confiáveis e leais aos seus Irmãos, portanto, têm um coração temeroso, capaz de macular e trair, mas, nas “prisões escuras” em que a Maçonaria incessantemente tenta encerrar os vícios mais malévolos da Humanidade, Traição frequentemente aparece, o crime moral mais insultado pelos próprios rituais e pelos códigos maçônicos.

Três Companheiros miseráveis (Jubelos, Jubelum e Jubela), traíram e mataram o mítico Hiram, separando para sempre a Maçonaria da fonte pura da Tradição original, quebrando a Palavra que permitia o acesso ao seu segredo.

Mas, a mais grave e mais absoluta traição, é a perpetrada pelos carreiristas e pelos ambiciosos que, para os seus próprios abomináveis propósitos, se opõem à conclusão e consagração das obras arquitetónicas, visando o bem da Humanidade e a glória do Grande Arquiteto do Universo.

A Maçonaria atual, se quiser manter um status quo milenar desde as origens dos antigos sacerdotes, terá que se livrar de tudo isso. Infine, perché un individuo che ama Sabedoria acima de tudo deve confiá-la àqueles que, ignorando-a, zombam dela ea desprezam? Un testo così prezioso, come la Scienza della Maçonaria, non solo destini superficiali, ma cabe a quem está disposto a empenhar “seu” tesouro: o Espírito, a própria essência, do Grande Arquiteto porque, ao expor-se além do necessário, não só trai a si mesmo, mas sobretudo a Luz, a Sabedoria divina que prefere a privacidade ea quiete. “Longe das paixões profanas e na posse da Arte, trabalhamos com serenidade…”

Agora, querido Irmão… dê um passo à frente . A sua vida como Maçom começou. Conte-me:

o    P.: O que significa o traditore?

R.: Para servir de exemplo com seu terrível castigo.

o    P.: Porque é Eleito?

R.: Para vigar a morte do inocente (Hiram) e punir seus assassinos.

Bem vindo